Disciplina Posts

Seja o escritor e o ator de sua própria vida

Seja o escritor e o ator de sua própria vida

Não deixe que a sua vida seja escrita por outra pessoa. Assuma a sua vida. Escreva o próprio script e assuma a responsabilidade de representá-la, de desempenhar a sua melhor atuação – afinal é a sua vida.

Eu procurei não interferir nas escolhas de carreira dos meus filhos, embora saiba que alguma influência sempre há de existir. Reconheço também influímos de maneira saudável, simplesmente agindo como falamos e demonstrando que abraçamos os valores que pregamos.

Mas os indivíduos podem facilmente receberem influências exógenas pouco adequadas quando se trata de escrever o roteiro da própria vida.

Meus erros, meus professores

Tenho que me esforçar para aprender com meus erros, do contrário vou ser obrigado a repeti-los. Assim como na escola, quando repetimos de ano e somos obrigados a repassar as mesmas lições. Os erros representam os nossos professores que nos procurarão insistentemente até que aprendamos o que está sendo ensinado.

Detesto cometer os mesmos erros, e para isso, tenho que aprender, não só a identificá-los e reconhecê-los, mas a aprender a lição que neles vêm embutidos.

Alguns conseguem

Preste atenção nas pessoas que conseguem fazer coisas, realizar os projetos e ultrapassar as barreiras impostas. Não são os mais inteligentes e nem se destacam na capacidade quando comparados com os demais.

O que diferencia uma pessoa bem sucedida dos outros é a determinação, a força de vontade que parece inesgotável.

Podemos até achar que elas são sortudas e não tiveram que enfrentar dificuldades severas, mas nem isso é verdade, pois todos enfrentam problemas e encontram barreiras enormes nos seus projetos.

A valiosa liberdade

Preserve a valiosa liberdade. A liberdade que usufruímos hoje é muito valiosa, e podemos fazer quase tudo na nossa vida. As nossas escolhas são variadas, a discricionariedade é enorme e tudo isso é razão para nos afastarmos da escravidão, seja do consumo, dos costumes e hábitos nocivos que outros podem tentar nos impor.

A sociedade de consumo é muito forte, e a propaganda lança mão de recursos científicos sofisticados para nos enganar e nos empurrar para coisas que sequer pedimos, e pior, detestamos.

A nossa liberdade foi conquistada, é um valor sem tamanho, e temos que preservar a todo custo.

Uma das receitas é manter a vida simples, sem tanto apelo consumista, adiar um pouco qualquer compra até que a vontade passe.

Se pode fazer, faça.

Não deixe para depois, se puder fazer, faça logo, e se vai fazer, faça o seu melhor.

Nada vem de graça, sem esforço, de bandeja. É preciso se levantar da poltrona e agir, fazer a sua parte.

Escolha estar em movimento, e deixe de lado aquela desculpa para empurrar para depois.

Para alcançar qualquer coisa, é preciso dar um passo naquela direção, e caminhando um pouco mais, o objetivo vai ficar ao alcance da mão.

Evite tudo que estraga a vida.

Na mensagem de hoje estou parafraseando David Servan Schreiber que escreveu que devemos nos empenhar em viver uma vida boa, evitando qualquer coisa que possa estraga-la.

Favoreça aquilo que alimenta uma vida pródiga e que te permita desabrochar, mostrar para o mundo e para si mesmo o que você tem de melhor.

Arrumamos encrencas para nós mesmos, nos metemos em confusões e desperdiçamos o tempo precioso. Jogamos fora as oportunidades para enriquecer a vida com experiências imperdíveis.

Evite perder tempo com bobagens, fofocando a vida alheia, fomentando conflitos e se estressando e criando estresse no ambiente onde convive.

O esforço diário para melhorar.

Sei que todos fazem o esforço diário para melhorar.

Não descuide da sua jornada de crescimento pessoal todos os dias.

Faça um pouco hoje, um pouco amanhã, e mantenha uma vigilância para não recair nos mesmos defeitos.

Somos naturalmente bons, e a natureza humana é de cooperação, compaixão e amor.

Porque nos pegamos fazendo coisas condenáveis e que nos levam ao arrependimento?