Discernimento Posts

Se eleve acima dos seus problemas.

Não raro afundamos com os nossos problemas.

Ficamos tão envolvidos que não conseguimos nos desligar e sentimos que estamos sendo puxados para o fundo do poço.

Temos que nos elevar acima dos problemas, e com serenidade, olhar a realidade na sua devida proporção.

Se elevar não quer dizer olhar com prepotência, muito pelo contrário, devemos olhar os problemas com humildade e honestidade.

Respostas prontas e desatualizadas para tudo.

Não sei de tudo, e não sou o sabichão, o oráculo do saber.

Tenho que abandonar as respostas prontas para tudo, pois elas podem muito bem estar desatualizadas.

Tenho que manter a mente aberta, aprender mais e discursar menos.

Muita coisa para dizer, pouca coisa para aprender – tenho que me habituar ao modo de aprendizagem.

A gratidão e a retribuição.

Nunca conseguirei retribuir ou passar adiante tantas graças que recebi e sigo recebendo.

Penso sempre em dar e retribuir, mas aprendi que não devo pensar na medida nem na paridade daquilo que me foi agraciado e daquilo que tento compartilhar. O balanço sempre vai dar vantagem para aquilo que tenho recebido.

Tendo isso em mente, decido simplesmente ser bom e fazer o bem, ajudar. Não analisar o dar e receber – simplesmente dar.

Sou uma pessoa abençoada por tudo que a vida tem me dado.

Deus não é terrorista.

Fazemos coisas muito erradas e nos revoltamos com os resultados indesejáveis.

Nada disso é obra de Deus. Afinal, Deus não é terrorista, aprontando a torto e a direito contra algumas pessoas.

Deus é misericordioso, capaz de perdoar, mas certamente acha conveniente que soframos os efeitos dos próprios atos.

Fazemos coisas erradas, delinquimos e atentamos contra a própria saúde, e o resultado não pode ser diferente de um verdadeiro desastre.

Um olhar treinado para enxergar.

Podemos achar que estamos enxergando tudo, afinal é o que diz o nosso médico, mas o nosso olhar pode estar precisando de um treinamento para enxergar a beleza da vida nos seus mínimos detalhes.

É possível ter o olhar calibrado para o materialismo e o imediatismo e perdemos a capacidade de enxergar um futuro brilhante, as possibilidades e as oportunidades para construir uma rede de significados na nossa vida.

Eu quero assim.

Muitas vezes sinto uma satisfação com a vida e penso – eu quero assim.

Ontem, por conta de uma viagem, tirei a manhã para caminhar e apreciar as coisas que tenho à minha volta.

A paisagem impecável, as jovens senhoras caminhando com os seus bebês, e saudáveis idosos caminhando e se aproveitando do generoso sol.

A folhagem junto da calçada, que cresceu tanto, desde a última vez que coloquei atenção, e nem me lembro quando.

As aves descontraídas voando em círculos lá no alto, como que admirando tantas pessoas felizes aqui em baixo.

Foi o cenário ideal para uma reflexão daquilo que quero que fique assim.

É fácil perder a perspectiva.

É muito fácil perder a perspectiva do problema que estamos tratando. De repente estamos olhando pelo ângulo errado, e podemos desenvolver uma imagem destorcida da realidade, das circunstâncias.

Perdemos parte da visão, e tudo transcorre como se eventos críticos ocorressem no ponto cego da nossa visão. Tal ponto existe, mesmo fora da situação de direção, carro e retrovisor.