Desafios Posts

Mude para melhor, aceite o convite para mudar

Mude para melhor, aceite o convite para mudar

Mude para melhor, e abra os olhos para as oportunidades que você para mudar a si mesmo.

Escreveu Viktor Frankl no seu memorável livro “Em Busca de Sentido”, que quando não conseguimos mais mudar as circunstâncias, estamos sendo desafiados a mudar a nós mesmos. Isso é a pura verdade.

Quem são os 5 ladrões de felicidade – aprenda a lidar com eles.

Quem são os 5 ladrões de felicidade – aprenda a lidar com eles.

Os ladrões de felicidade nos atacam diariamente e nos roubam o que há de mais valioso. Aprenda a identificar e lidar com eles de uma vez por todas. Aprendi no livro de John Izzo, “Os 5 ladrões da felicidade“. Neutralize-os, ou faça com que eles estejam a seu favor.

Controle:

O primeiro grande ladrão de felicidade é o controle. A vontade de controlar tudo na sua vida. Imaginar que está no controle do mundo, do seu destino e do destino de outras pessoas.

Não somos tão poderosos assim, e é importante desenvolvermos a aceitação daquilo que está fora do nosso controle.

Ego:

O ego no sentido negativo, do egoísmo, da vaidade, do exagero de foco em si mesmo.

Damos muita importância a nós mesmos, fazemos muitas comparações e deixamos de apreciar a vida, os relacionamentos e a beleza escondida em cada pessoa.

Enquanto colocamos o nosso olhar obsessivo no nosso eu, perdemos de vista a direção, o propósito e sentido na vida.

Desejo:

O desejo intenso em muitas coisas na vida, e que levam à decepção com a vida, com os resultados e com outras pessoas.

Vamos com tanta vontade na direção do nosso desejo que muito facilmente vemos frustradas as nossas expectativas.

Consumo:

A sensação de que lá fora há sempre algo que você precisa.

O impeto de sair comprando, na ilusão de que coisas materiais irão trazer a felicidade, a satisfação com a própria vida.

Cultivamos a inveja, e nas comparações, passamos a correr atrás daquilo que os outros possuem.

Conforto:

Finalmente o conforto, no sentido da inércia, da manutenção de padrões, mesmo que eles não sirvam mais, ou sejam até prejudiciais.

É muito mais fácil ficar onde está. É muito mais confortável manter os hábitos, mesmo que sejam nocivos.

Mas a vida fica mais interessante quando mudamos, e mudamos para melhor.

Somos enganados pela necessidade de segurança, vontade de se proteger, buscando rotinas e evitando correr riscos. Isso pode vir como um disfarce da acomodação e do conforto.

Fique atento para os ladrões de felicidade.

Rubens Sakay

Encare a competição de maneira saudável

Encare a competição de maneira saudável

Encare a competição de maneira saudável, pois segundo Po Bronson, quem não aprende a perder não está preparado para ganhar. Temos que aprender a competir melhor, desenvolver uma atitude de ganhador.

Veja os animais que crescem competindo incessantemente.

Competem pelo carinho da mãe, competem pela comida, pelo espaço.

Abrace o seu dia

Abrace o seu dia

Abrace o seu dia, qualquer que seja a sua agenda.Comece o dia com o pé direito.

Viva o dia com alegria, mesmo que coisas tristes ou desagradáveis estejam no caminho.

Comece agradecendo por tudo que tem recebido, e assuma um compromisso consigo mesmo de enfrentar as dificuldades de cabeça erguida.

Tenha paciência com o andar da carruagem, e seja paciente consigo mesmo.

Não seja um imã da raiva

Não seja um imã da raiva

Não a deixe a raiva tomar conta com qualquer coisa errada que te aconteça.

Raiva atrai a raiva, e esse efeito imã é uma armadilha.

A natureza humana está pronta para lutar ou fugir das ameaças que nos acontecem.

Ficamos raivosos com tudo que acontece de errado à nossa volta. Alguém ofende um amigo e ficamos com raiva. Um cliente é maltratado no supermercado e isso provoca um efeito negativo em nós mesmos.

A tempestade vai passar e a poeira vai se assentar

A tempestade vai passar e a poeira vai se assentar

É comum ficarmos confusos e desorientados no meio de tantos problemas, mas a tempestade vai passar. Quando isso acontecer a poeira vai se assentar e a fumaça também vai dissipar.Há momentos em nossa vida que os problemas aparecem encarreirados, um atrás do outro.

No meio da nuvem de poeira não é possível  enxergar os caminhos, e nos sentimos imobilizados nas decisões. Sei que muito daquilo que vejo turvando a minha visão é o calor emocional do que está acontecendo.Nessa situação, é bom deixar a coisa se acalmar não só para nós mesmos, mas também para as outras pessoas.

Como já comentei várias vezes, a água, no fundo do lago é sempre calma. Devemos portanto, num momento de agonia e dificuldade, buscar a paz interior e a serenidade, e assim enxergar os caminhos que temos que seguir.

Aumente a sua resiliência e a sua capacidade de se recobrar dos revéses da vida

Aumente a sua resiliência e a sua capacidade de se recobrar dos revéses da vida

A vida nos ensina a melhorar a pessoa que somos, crescer especialmente por dentro, aumentarmos a nossa resiliência.

Os problemas que enfrentamos guardam lições valiosas para lidar com tudo que vem pela frente.

Tenho falado muito sobre a resiliência, e vale a pena comentar mais detalhadamente este atributo que se tornou vital qualquer pessoa. Especialmente na educação dos pequenos, esse entendimento é fundamental.