Caminho Posts

Sofrer menos é uma opção

Sofrer menos é uma opção

Sofrer menos é uma opção, e quase nunca contamos com isso. Sempre ouvi dizer que a dor pode ser inevitável, mas o sofrimento é opcional. Custei a entender e mais ainda a aceitar, assimilar e aplicar isso em minha vida. Mas a disposição para sofrer menos é libertadora.

A dor:

A dor pode ser inevitável, e muitas vezes realmente o é.

A vida é dura e às vezes nos coloca de joelhos. Somos confrontados com situações para as quais não fomos treinados tais como a perda de entes queridos, a proximidade da nossa própria morte. 

Muitas coisas nos pegam de repente e nos surpreendemos com o nosso despreparo, o casamento, os filhos, o descasamento e assim por diante.

Colhemos muitas rosas no caminho, mas enfrentamos galhos espinhosos, e assim conhecemos a dor.

O sofrimento:

Quando as adversidades nos pegam de jeito, na maioria das vezes escolhemos enfrentar, lutar, digladiar, mesmo contra coisas que não nos dizem respeito. Lutamos e nos revoltamos contra coisas que não temos qualquer controle. É exatamente quando sentimos a nossa impotência e nos rendemos à nossa incapacidade, à nossa modesta dimensão é que conseguimos reduzir o nosso sofrimento. Escolhemos sofrer menos.  

Sofrer menos:

Quando somos apresentados à opção de sofrer menos, nos sentimos libertos, nos sentimos salvos.

É como se fôssemos liberados de carregar uma cruz tão grande, de ter que consertar o mundo.

Descobrimos o nosso papel, a nossa responsabilidade e o alcance das nossas ações.

Descobrimos que não somos Deus.

Não somos tão poderosos:

Quando descemos do pedestal que construímos para nós mesmos, nos colocamos no nosso lugar, no lugar comum onde se é permitido sentir a dor.

É o lugar e a posição de onde se enfrenta o mundo real, onde paramos de pensar que somos tão poderosos.

Sofrer menos é uma opção:

Assuma aquilo que é a sua vida.

Pare de querer cuidar da vida alheia.

Aceite a vida por inteiro, e faça o que está ao seu alcance.

Rubens Sakay

 

Perdoe e siga adiante

Perdoe e siga adiante

Perdoe e siga adiante na sua vida. Não fique estagnada, presa a coisas negativas do passado.

Você não pode mudar as coisas do passado, infortúnios e pessoas que te prejudicaram, mas a decisão de como vai levar a vida é sua.

Escreva o livro da sua vida

Escreva o livro da sua vida

Esta semana recebi uma recomendação interessante da plataforma de gamificação para a saúde de que participo, que me envia diariamente uma indicação para melhorar a minha vida, especialmente na questão da saúde, e tem a ver com o assunto: o livro da sua vida.

Gamificação:

A plataforma que participo se chama Daily Challenge, talvez a melhor do mundo, aberto para qualquer pessoa. O foco maior é na movimentação, exercício físico, mas tem também nutrição, relacionamentos. Para aqueles que querem por email, uma recomendação diária, me mandem uma mensagem com o endereço de email que eu envio um convite.

O livro da sua vida:

Imagine que um biógrafo apareceu para escrever um livro contando tudo da sua vida nos últimos 12 meses, e você vai começar a contar tudo que aconteceu.

Faça um resumo, conte as coisas boas, os desafios vencidos, as dificuldades que você soube superar.

 

Celebre:

Você vai celebrar as realizações?

Você vai se sentir grato pela vida que tem?

Que tal examinar as novas habilidades adquiridas.

Você se sente mais madura, mais preparada para as adversidades da vida?

Anuncie:

Você vai dar uma dica da pessoa que você está se tornando?

Imagine que alguém vai ler o seu livro e vai ter, não só uma boa impressão de você, mas mais do que isso, vai ter a percepção da pessoa que você está se tornando.

Visão de longo prazo:

Um dos objetivos do exercício do livro da sua vida é trazer uma perspectiva mais de longo prazo. É trazer o seu olhar para um horizonte mais largo do que aquele que somos chamados a ter no nosso cotidiano. Ficamos tão entretidos com aquilo que temos que fazer na semana que nos esquecemos do que vamos fazer no ano que vem. Nos estressamos com algum conflito no dia de ontem e nos esquecemos de tanta coisa boa que aconteceu há 6 meses.

Escrever te faz bem:

Quando escrevemos sobre a nossa vida, somos obrigados a escolher as palavras, e isso é um exercício valioso de significação, de dar a verdadeira cor, o peso real de tudo que nos aconteceu.

Título:

Escolha um título para o seu livro.

“O ano que Maria decidiu cuidar mais de si mesma.”

“O ano que Paulo criou coragem para enfrentar de cabeça erguida o que vem pela frente.”

Foto de capa:

Cole uma foto, aquela que você mais gosta, e que retrata a pessoa corajosa que você é.

Isso é para você lembrar do seu valor, da sua história.

Rubens Sakay

Faça o melhor do pior

Faça o melhor do pior

As situações difíceis podem acontecer sem aviso, mas lembre-se, faça o melhor do pior. Use a situação para melhorar o que vem pela frente. Nada acontece por acaso, e mesmo as coisas ruins devem ser aproveitadas para construir um futuro melhor.

Está dentro de você

Está dentro de você

Seja lá o que está procurando, está dentro de você. A felicidade, a realização, a satisfação com a vida – procure dentro de si mesmo. Há várias maneiras de fazer essa incursão, mas vou contar um pouco como faz a Google, que é, no mundo,  a empresa que mais faz pela felicidade do seu colaborador.

Busque dentro de você:

A ciência levou muitos anos que chegar à conclusão de que quase metade da nossa felicidade ou bem-estar é explicado pela atitude que temos frente à vida. A maneira como encaramos e interpretamos aquilo que nos acontece, seja bom ou ruim. Há muito tempo, um analista da Google chamado Chade Meng Tan iniciou um programa interno com o objetivo de permitir e orientar que cada um encontrasse o que busca dentro de si mesmo. Esse programa se chama “Search Inside Yourself“, famoso e que acabou virando uma iniciativa mundial. É também o nome do livro que ele publicou e que foi editado no Brasil com o título “Busque dentro de você”. Recomendo que leia este livro, e você vai chegar à conclusão de que está dentro de você.

Por que ler?

Muitos acreditam que irão encontrar a felicidade no trabalho, na carreira, no dinheiro, no relacionamento amoroso, e acabam se decepcionando. Não é porque não encontraram o trabalho ideal, ou o relacionamento dos sonhos, mas porque deixaram de procurar dentro de si mesmo. Muitos livros e autores nos ensinam como fazer essa travessia, mas Meng faz isso de maneira simples e também consagrada na prática e no cotidiano da mais admirada empresa dos nossos tempos.

A meditação:

Há vários benefícios comprovados da meditação, e há também várias maneiras de se meditar. Um dos maiores benefícios é físico e mental, pois a meditação nos coloca em equilíbrio e harmonia com tudo que nos acontece, com a própria vida. Com o exercício da meditação, apaziguamos o nosso ser animal, aquele quer dominar as nossas emoções, sentimentos e pensamentos, mesmo que lutamos para ter o controle. Dentre todas as maneiras virtuosas de praticar a meditação, vou explicar uma, bem simples, e que resulta em enorme benefício imediato.

A bondade amorosa:

Deseje o bem dos outros. Faça o exercício que aprendi com Chade Meng Tan. É uma forma de meditação chamada de Metta, ou Loving Kindness, ou no nosso idioma, meditação da bondade amorosa.

Se imagine no banco, senha na mão, esperando ser chamada. Olhe para uma pessoa qualquer naquele ambiente. Focando essa pessoa, respire várias vezes de maneira lenta e profunda e mentalize o seguinte pensamento: “desejo que esta pessoa seja feliz”. Faça isso algumas vezes e se tiver mais tempo, mude o foco para outra pessoas. Você pode praticar isso em qualquer ambiente, em qualquer situação. Vai sentir o bem estar tomar conta de você.

O marciano ZAP:

Sharon Salzberg, a famosa autora faz a seguinte recomendação. Imagine um marciano que aparece no seu vagão do metrô, e Zap, fecha o vagão, lacra todo mundo ali, para o resto de suas vidas. Esse será o seu povo, a sua turma para o resto de sua vida.

Diz Sharon:

Queira bem, deseje o bem de todos ali. É o seu povo – para sempre.

Com esse pensamento, toda vez que você se encontrar em um ambiente com várias pessoas, temporariamente confinados, imagine o marciano ZAP, e pratique a medicação da bondade amorosa que já mencionei.

A paz consigo mesmo:

Ame a si mesma, e aceite a vida e a si mesmo com tudo que lhe foi agraciado.

Rubens Sakay

Mais feliz

Mais feliz

Quem não quer ser mais feliz?

Se você chegou até aqui é porque espera encontrar alguma dica prática para melhorar a sua felicidade hoje mesmo, e é exatamente isso que você vai encontrar. Aproveite este blog completamente.

Mais vida na sua vida

Mais vida na sua vida

Coloque mais vida na sua vida. Pense mais na qualidade dos momentos, pois a vida é única e você é a maior responsável por fazer com que ela valha a pena. Adote uma atitude positiva nas mínimas coisas. Eu tenho algumas recomendações: