Ansiedade Posts

Deseje o seu bem

Deseje o seu bem

Sabemos do bem que nos faz desejar o bem dos outros, mas faça hoje um exercício especial, deseje o seu bem.

É a prática da Metta Meditation, a meditação da bondade amorosa, quando você se coloca em uma atitude serena, em paz e concentra a sua emoção e seu pensamento no amor e na bondade.

Imaginando um futuro sombrio

Imaginando um futuro sombrio

Temos sim uma capacidade incrível de imaginar cenários tenebrosos sobre o nosso futuro.

Uma das coisas que impede que sejamos felizes agora, neste exato momento, é a mente tomada por um quadro sombrio que nós mesmos pintamos do caminho à nossa frente.

Enxergamos o presente, relembramos o passado e imaginamos o futuro.

Na verdade, enxergamos de maneira enviesada o presente. Relembramos com imprecisão o passado, e pintamos um quadro fantasioso e muitas vezes catastrófico daquilo que vamos enfrentar.

Pare de esperar pelo inesperado e de contar como certo o improvável

Pare de esperar pelo inesperado e de contar como certo o improvável

Nós nos decepcionamos constantemente com o andamento das coisas.

O mundo não é justo, mas temos que mudar a nossa atitude para reduzir o nosso estresse e nossa insatisfação.

Quando avaliamos as nossas expectativas, muitas vezes nos esquecemos de considerar a probabilidade disso acontecer, e aí, pode estar a raiz de tanta insatisfação.

Esperar o inesperado é sem dúvida uma receita para a infelicidade.

Eu posso desejar o inesperado, o que é diferente, por exemplo, ganhar na Megasena da Virada.

Não dê importância a coisas pequenas e pouco importantes

Não dê importância a coisas pequenas e pouco importantes

Avalie sempre a importância que dá às coisas. Temos todos nós uma capacidade de distração incrível, especialmente quando as coisas são negativas. A nossa mente funciona assim, se apegando a coisas que nos incomodam de alguma maneira. Quanto mais tentamos nos livrar de tal pensamento, mais ele gruda na nossa mente.

Damos importância a tantas coisas que na verdade são insignificantes.

O pior é quando nos aborrecemos por coisas miúdas, gastando a nossa energia, paciência e aumentando o nosso estresse.

Já comentei isso numa postagem anterior: tire a cabeça das picuinhas.

Uma postagem antiga de Ali Hale me deu algumas dicas. I worry constantly about lots of little things.

As coisas pequenas continuam na nossa cabeça e tomam o nosso sono, tiram o nosso apetite, quando não nos empurram para a geladeira e o pote de sorvete.

Ouvir é um ato de amor

Ouvir é um ato de amor

Não prestamos mais atenção às pessoas, e muito menos ao que elas têm a dizer.

Estamos conversando com os outros, mas prestamos atenção apenas naquilo que dizemos – mais parece um monólogo.

Quando estamos com os outros, devemos estar presentes de verdade, e ouvir atentamente o que os outros têm a dizer, é um ato de amor, de generosidade.

O primeiro passo para aprender a perdoar

O primeiro passo para aprender a perdoar

Temos que aprender a perdoar para nosso próprio bem.

Carregamos uma carga inútil que nos sufoca, os ressentimentos relacionados com os atos imperdoáveis que outros nos infligiram. Isso nos incomoda e nos aflige e não sabemos como nos livrar desse peso insuportável.

O antídoto para tal aflição é certamente o perdão, mas como perdoar as pessoas imperdoáveis?

O primeiro passo é perdoar uma pessoa em particular por um ato em particular.

Pode parecer pouco, mas assim estamos desenvolvendo o músculo do perdão.

O que aconteceu ontem não deve te impedir de prosseguir hoje

O que aconteceu ontem não deve te impedir de prosseguir hoje

Não deixe que aquilo que aconteceu ontem represente uma barreira severa para aquilo que você pretende fazer hoje. Deixe ir o pensamento negativo relacionado com algo que tenha ocorrido no passado recente.

A nossa mente tem a capacidade de nos pregar essa peça horrível, que é pensar seguidamente e insistentemente nos erros e nos reveses do passado.

Libere-se dessa armadilha. Deixe o seu pensamento mais livre para decidir e agir naquilo que repercute no seu futuro, ou seja, aquilo que você está por fazer agora mesmo.