Cansado dos pensamentos negativos.

Por vezes, nos cansamos de tantos resultados negativos e não percebemos que temos que mudar o padrão dos pensamentos.

Os resultados são fruto das nossas ações, que por sua vez são fruto dos nossos pensamentos.

Se você está cansado de resultados negativos, tem que mudar o seu padrão de pensamentos.

Mas sei que se livrar de determinados pensamentos é particularmente difícil, como nos ensinou o prof. Daniel Wegner da Universidade de Harvard no livro “White bear and other unwanted thoughts” (Urso branco e outros pensamentos indesejáveis).

Não pense no urso branco:

Diz que quando somos solicitados a não pensar num urso branco, aí é que o urso branco não sai da nossa cabeça.

Os pensamentos negativos, especialmente aqueles associados ao ressentimento, raiva, culpa e arrependimentos, grudam na nossa mente como goma de mascar. Insistimos em afastá-los, sem sucesso.

A explicação científica, é que quando nos determinamos a não pensar em algo, uma parte do cérebro elimina tal pensamento, e outra fica encarregada de verificar de tempo em tempo se o pensamento está lá, consequentemente trazendo o pensamento de volta.

Wegner nos ensina alguns truques que funcionam:

-encarregue o cérebro de alguma atividade distrativa que exija atenção, e vai colocar a mente em outro terreno de atividade;

-tente postergar o pensamento: vou pensar nisso amanhã;

-afaste as atividades múltiplas, pois elas permitem que os pensamentos indesejáveis se aproximem;

-traga o pensamento indesejável de maneira controlada, ou seja, pense nele;

-pratique a meditação.

Pense no urso branco:

Os experimentos científicos demonstraram que as pessoas que foram solicitadas a pensar no urso branco, na realidade, pensaram menos vezes que aquelas que foram solicitadas a não pensar no urso branco.

Eu, particularmente gosto do artifício de pensar em coisas positivas e alegres, como forma de substituir os pensamentos negativos.

Gosto também de desafiar os pensamentos negativos.

Se o pensamento é de culpa, tento esmiuçar o pensamento, desconstruindo e eliminando na raiz a ideia de que tenho que me culpar ou culpar alguém.

Vivemos povoados de pensamentos negativos, e eles, em grande monta, influem no nosso comportamento.

Vale a pena fazer um esforço para se livrar deles.                                                                               R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked