Cair sete vezes, se levantar oito

Não importa quantas vezes você vai cair, ao final, procure estar sempre de pé, encarando a vida de frente.

O ditado japonês que gosto de repetir – cair sete vezes, se levantar oito – significa que sempre você estará de pé, não importante quantas vezes a vida te coloque para baixo.

A vida é assim mesmo, e ela tem a capacidade de nos colocar de joelhos, mas a nossa tarefa é se levantar e seguir adiante, sem reclamar, pois ninguém recebeu mais problemas que a sua capacidade de resolver.

As adversidades moldam o caráter, e cada uma delas guarda lições que temos que aproveitar.

A luta:

Nada vem por acaso, inclusive as tempestades. Nada vem de graça, é preciso lutar para conseguir qualquer coisa na vida.

Sei muito bem que há ocasiões que achamos que é demais, e não vamos aguentar a barra, mas é bom saber que a energia e a coragem para enfrentar o que vier está dentro de cada um.

Um amigo querido que nos deixou muito cedo me dizia que homens são como nozes, o melhor é revelado quando esmagados. A nossa força extrema, e coragem inigualável é posta à prova quando enfrentamos as maiores dificuldades.

Toda vez que você estiver numa dificuldade muito grande, saiba que o melhor de você está sendo solicitado para dar provas da sua bravura, e você vai dar conta.

Sou uma pessoa determinada. Aprendi isso com minha mãe e acho que passei para meus filhos.

Não devemos ficar pensando muito se devemos fazer as coisas trabalhosas, enfadonhas ou desgastantes. A vida exige ação, e temos que arregaçar as mangas e colocar mãos à obra.

Não há caminho sem buracos nem curvas sem perigo. A vida nos ensina a enfrentar a vida. Os erros nos ensinam a não errar. Não temos que temer o que vem pela frente. Não devemos nos amedrontar diante do futuro, pois estamos empenhados em construí-lo agora mesmo.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked