Assuma os acontecimentos da sua vida.

Dê como certo tudo que se passou.

Não fique negando, como se isso fosse mudar alguma coisa.

Olhe para frente e siga os seus planos. É pouco produtivo ficar lamentando ou desejando um passado diferente.

Aceite o passado e se concentre no presente, nas coisas que tem que fazer hoje.

O futuro é incerto, mas você o está construindo agora, neste exato momento.

Construir o futuro:

Se você quer um futuro brilhante, comece a construí-lo hoje.

A vida pode ser vista como um fio de barbante. Começa fino e segue fino até o fim. Começa branco e termina branco.

Mas podemos olhar a vida como a formiga que sobe numa árvore.

Ela encontra várias bifurcações, e quando o caminho parece ficar mais estreito, encontra folhas, flores e frutos.

Se retomar outro caminho pode ainda encontrar muito mais. Essa fartura pode ser sua vida.

A vida é cheia de caminhos abundantes, mas precisamos caminhar, seguir, experimentar.

Não devemos nos deixar atar aos acontecimentos do passado.

Vire a página:

O que passou já passou, e devemos seguir adiante, virar a página.

Nem tudo acontece como desejamos, mas nem por isso a vida deixa de ser interessante.

Há tantos sabores para experimentar, caminhos para explorar, pessoas para encontrar e reencontrar.

O sabor amargo de uma experiência passada deve ser logo sobreposta por um outro sabor exuberante, inesperado.

Se deixe surpreender pela vida, se deixe tocar pelo momento presente.

O passado pode ser uma assombração, mas ao aceita-lo, impedimos que ele nos incomode e nos limite para viver a vida no presente.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked