Às vezes, a serenidade é só o que queremos e precisamos.

Numa noite fria, nos enfiamos debaixo das cobertas, e sentimos tudo frio. Mas vamos lá para o fundo, ficamos quietos, e logo o calor aconchegante se estabelece.

Assim é quando buscamos a serenidade. Devemos nos voltar para dentro, calar a nossa mente perturbada e esperar que a serenidade se estabeleça como um calor confortante. Exercite a calma, interrompendo qualquer pensamento de preocupação, ressentimento, culpa, inveja ou arrependimento.

Fique quieta com a mente solta sem se prender a nada, e sinta a serenidade chegar até você.

Respire confortavelmente, sem pressa, sem controle, apenas no compasso.

Sente-se adequadamente e cuide para que a posição não restrinja a respiração.

Sinta o frio do ar encher o seu pulmão.

Sinta o ar pressionar por dentro.

Exatamente com o calor chegando por debaixo das cobertas, sinta a serenidade chegar até você.

Beco

4 Comentários

Eli Lima.

about 10 anos ago

Que poesia! Obrigada pela contribuição. Fique Bem. Eli.

Responder

Joelson Vellozo Jr.

about 10 anos ago

Ao ler este post, me veio muito fortemente a contribuição que a prática da meditação pode trazer para que se alcance a serenidade. Respiração atenta, pensamento livre, tudo isso como "roteiro" para uma boa e serena meditação...

Responder

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked