As lições que já sabia

Lições importantes para a nossa caminhada estão disponíveis em todos os trechos da nossa vida. A vida é uma escola, e tanto temos a aprender todos os dias.

Mas as lições que aprendemos na vida, acabam sendo esquecidas, especialmente quando não praticamos.

Precisamos relembrar, fixar e consolidar, Para que isso aconteça, é preciso, compreender plenamente e praticar em todas as nossas atividades.

Sei que é valioso praticar o perdão, mas de vez em quando me vejo esquecido, guardando algum tipo de mágoa e ressentimento.

Momento presente:

Já aprendi o valor de focalizar no momento presente, saboreando o que a vida nos apresenta justamente agora, mas a mente pode rapidamente se encher de preocupações excessivas com o futuro, ou mesmo arrependimentos de coisas que fizemos no passado.

Levar a vida compassadamente, sem se apressar é algo que tenho que me lembrar com frequência. Nem bem começo alguma coisa e já me vejo correndo, apressando, tentando empurrar os outros para andarem mais rápido.

Sei que a pressa é um risco de decisões equivocadas, acidentes e mal entendidos. Tenho que aprender a ir devagar.

Dentro as coisas que estão fora do meu controle, eu já sei, estão as vidas das outras pessoas, mas preciso me policiar para não querer controlar a vida dos outros. Aprendi que quando ficamos preocupados em controlar a vida dos outros, deixamos a própria vida à deriva.

Altos e baixos:

A vida é de altos e baixos e não devo me abater quando alguma coisa não sai a contento. Sei que bons ventos virão, e que as oportunidades perdidas não farão qualquer diferença no meu futuro. Mas essa atitude não vem com naturalidade, pois qualquer coisa que dá errado, vem logo uma sensação de inadequação, de fracasso.

Posso errar, mas não sou uma pessoa errada, e além do mais, os erros me permitem evoluir, crescer e aprender.

Nada vem de bandeja e tudo que é profundamente desejável, requer bastante dedicação e determinação.

As coisas não acontecem de repente, de uma hora para outra, e precisamos ter paciência e compreender e aceitar a velocidade que o mundo gira. Não podemos apressar o relógio, nem o nascer do sol.

Aprender é preciso, e sem a prática, tudo acaba esquecido.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta