As experiências vividas.

Tenha sempre uma atitude de aprendizagem, de crescimento.

Tire proveito de todas as experiências da vida.

As experiências amargas são grandes escolas.

Há um dito popular de que até um chute no traseiro te impulsiona para frente.

Examine a transição que você está vivenciando agora.

Os períodos de mudança guardam grandes lições.

Às vezes os problemas nos são apresentados sucessivamente até que aprendamos a lição. É bom aprender logo para não padecer com os problemas.

As adversidades nos colocam frente a frente com os nossos valores, nossas dúvidas, nossas capacidades e nossas responsabilidades. Um mistura disso tudo se traduz numa lição aprendida – os valores são revistos, as convicções são fortalecidas, as capacidades melhoradas, e a confiança em si própria aumentada.

Quando a dificuldade vem, queremos afastar, negar, se revoltar, mas quando tudo passa, nos damos conta que a bagagem que trazemos foi suficiente para lidar com tudo isso, aprendemos que somos capazes.

As dificuldades também trazem à tona os sentimentos e as emoções, e aí travamos uma luta grande, tentando proteger, esconder, dissimular, mas o fato é que deixamos as emoções atuarem e assim permitimos que a lição seja completa.

Cada experiência e cada lição representam sementes de sabedoria que crescerão e frutificarão por toda vida.

Aprendemos também que não estamos sós, não estamos abandonados à sorte.

É bom se fazer algumas perguntas para melhorar a aprendizagem nessa dita escola da vida:

– de que maneiras eu tenho lidado com adversidades, e quais maneiras tem se mostrado eficientes e quais ineficientes;

-como o meu modo de agir nas adversidades afeta outras pessoas e a mim mesmo;

-tenho aceitado a minha responsabilidade ao lidar com os problemas;

-o que as adversidades me ensinaram sobre a honestidade, responsabilidade, amor, integridade e fé nas pessoas e em mim mesmo;

-o que as adversidades me ensinaram sobre a natureza humana e como as pessoas reagem;

-posso reagir de maneira diferente diante de adversidades e assim me tornar mais sábio, generoso e resiliente;

-quais são as minhas principais crenças que representam a maior força diante das adversidades;

Você sempre pode escolher se vai aprender a lição de pronto, ou vai deixar para depois.

Quando escolhemos deixar para depois, somos apresentados ao mesmo problema sucessivamente.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta