As decisões que tenho que tomar.

Temos que refletir constantemente sobre as decisões que tomamos.

Estou prejudicando alguém?

Vou me orgulhar do que estou decidindo e fazendo?

Vou me orgulhar da escolha que estou fazendo?

O medo não deve me imobilizar, mas tenho que cuidar para não causar qualquer mal a outras pessoas.

Fazer o bem como prioridade deve ser o nosso lema.

Decisão cuidadosa:

Decisões cuidadosas exige que nos coloquemos no lugar das outras pessoas, exercitando a empatia e decidindo pelo bem de todos, sempre que possível.

Decidir e escolher, é o que fazemos corriqueiramente, e não raro, negligenciamos a implicação para outras pessoas.

Podemos pensar que sempre há perdas para alguém, e que o negócio é de ganha-perde. Mas podemos encarar de maneira diferente, como um jogo do ganha-ganha, escolhendo alternativas onde todos possam ganhar.

A harmonia de qualquer grupo está no crescimento conjunto, sem rasteiras, vantagens isoladas para um ou para outro.

Exercitar esse pensamento nos faz pessoas melhores, e devemos ensinar isso aos pequenos, pois o caráter se constrói nas pequenas coisas.

Preservar o planeta, deixando um lugar melhor para as gerações futuras também se encaixa nessa atitude. As crianças que aprendem isso na tenra idade se tornam cidadãos mais completos.

Uma sociedade melhor:

A despeito de tantos conflitos pelo mundo e tantos costumes que se degeneraram, tenho fé numa sociedade melhor. Acredito em indivíduos que olhem a sua passagem por aqui de forma mais positiva e construtiva.

Hoje sei que a acumulação de bens materiais não é um caminho essencial para a felicidade, e que por conta da adaptação hedônica, nos acostumamos muito rapidamente a qualquer nível de conforto financeiro.

Tenho que escolher os meus caminhos e decidir por aquilo que me permita crescer de dentro para fora, me completando com as outras pessoas e em harmonia com o planeta.

Ainda que cuidadosas, as nossas decisões podem ser simples, e assim pode também ser a nossa vida.

R.S. Beco

1 Comentário

lilas666

about 4 anos ago

Republicou isso em Cosmopolitan Girl.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta