As coisas certas e as coisas erradas.

Vivemos fazendo balanços na nossa vida.

Pesamos as coisas positivas e as coisas negativas.

Avaliamos os nossos ganhos e nossas perdas.

Computamos as realizações e fracassos.

Mas temos um péssimo costume de avaliar exageradamente as coisas negativas. Temos sempre a impressão de que está faltando algo, ou a vida está nos devendo alguma coisa.

Temos a impressão de que não estamos tendo a adequada compensação por tudo que temos feito.

Jon Kabat-Zinn:

Diz Jon Kabat-Zinn: não importa quem você seja, e quanta desgraça tenha vivenciado, no balanço geral da sua vida, há mais coisas certas que erradas.

Assistindo suas palestras e lendo sua literatura, aprendi que temos que olhar a vida pelos aspectos positivos, não só porque nos faz bem, mas porque eles estão em vantagem quando comparados com os aspectos negativos.

É mais fácil olhar os aspectos positivos pois representam a maioria.

A vida é uma benção.

O mundo é uma benção, e as experiências que vivenciamos até aqui, nos enchem de razões para orgulho, alegria e gratidão.

Mas não parece assim tão fácil.

Quando olhamos para o mosaico da vida, parece que as peças negras sempre puxam pela nossa atenção.

Parece que as agruras do passado deixam marcas mais fortes na nossa lembrança.

Mas temos que usar de alguns artifícios para virar essa mesa.

Toda vez que repassamos na nossa lembrança alguma passagem positiva, devemos pensar nos detalhes, reviver as emoções daquele momento fantástico, e assim, permitir que mais marcas positivas fiquem na nossa memória.

Pense positivo, pensando nas coisas positivas.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta