As aflições do futuro.

As aflições do futuro podem nos imobilizar. O homem é o único animal que antecipa os problemas do futuro e fica remoendo isso na cabeça – a conhecida ruminação.

Se nos conscientizarmos que a maior parte dos problemas que ruminamos não irão sequer acontecer, damos o primeiro passo para reduzir tanta preocupação.

As aflições do futuro atingem todos os setores da nossa vida. O bebê vai adoecer, o avião vai cair, o carro vai se acidentar, vou perder o emprego, vou morrer jovem, enfim, toda sorte de preocupação infundada pode atingir a nossa mente.

Recomendações:

Algumas recomendações para lidar com isso, ou mesmo se livrar desse hábito.

Essa aflição faz mal à saúde.

Ninguém tem dúvida que o excesso de preocupação faz mal ao coração, pois só traz coisas negativas e desnecessárias.

Funciona como um rosário de incidentes negativos do passado, atados a um gatilho da aflição.

Quando nos deixamos atingir pela aflição, puxamos esse rosário de memórias negativas que passam a alimentar a ruminação sem fim.

Para escapar à aflição e às preocupações excessivas, devemos:

-Focar em atividades que tragam pensamentos e sensações positivas. Cada um tem um elenco de atividades que podem ser experimentadas.

-A aflição é contrária da ação, e temos que sair da pré-ocupação para a ocupação, para a ação. Portanto, agir e buscar a solução para os problemas é sem dúvida uma boa receita.

-Focalize nos aspectos das situações. Não fantasie os seus problemas.

Não se sinta abandonado.

Não se sinta vítima.

Não se sinta miserável.

Faça alguma coisa por si próprio e seja feliz.

Grato pela companhia de todos nesses dois anos de postagem.

Uma boa passagem de ano e um bom 2012 para todos.

Rubens Sakay (Beco)

1 Comentário

Joelson

about 6 anos ago

Feliz ano novo, querido amigo! Obrigado pela companhia (e pelas sempre úteis dicas de felicidade) por mais um ano...

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta