As adversidades nos encontram com facilidade.

A vida nos providencia as adversidades de graça, sem solicitação. Os problemas batem à nossa porta.

Por outro lado, a coragem para enfrenta-los e as soluções para cada um, temos que procura-las com determinação.

Como dizem: os problemas nos encontram, mas as soluções, temos que procura-las.

Em resumo, se ficarmos simplesmente parados, seremos inundados pelos problemas, e o simples ato de ficar estagnado já é uma escolha, aliás, uma péssima escolha.

Suas forças e virtudes:

Precisamos nos colocar em movimento, refletir, analisar, decidir e colocar em serviço todas as nossas forças e virtudes para fazer frente às dificuldades que batem à nossa porta.

Quando escolhemos o isolamento debaixo do nosso edredom, deixamos que os problemas se acumulem e se amplifiquem especialmente na nossa mente.

As coisas negativas tendem a grudar na nossa cabeça feito goma de mascar, e temos que fazer um esforço enorme para afastá-los do palco da nossa mente.

Não deixe que todos os problemas subam ao palco de uma vez só.

Isole, deixe ele atuar, mostrar tudo o que ele tem para dizer,  e analise que solução pode dar a ele.

Quanto mais olhamos para um determinado problema com serenidade, menor é o seu poder de nos amedrontar.

Muito daquilo que julgamos ser problemas, está apenas na nossa mente, e quando jogamos o holofote sobre ele, aquilo que nos assombra se revela apenas uma sombra inofensiva.

Mas temos que fazer a nossa parte, pois a inanição sempre nos coloca em desvantagem. Os problemas podem ser uma miragem, mas temos que chegar até eles e mirá-los de frente para descobrir isso.

Ou seja, ficar de longe com o olhar amedrontado e preocupado não de nada vai adiantar.

Assuma a sua responsabilidade sobre a sua vida, e encare os problemas de frente. Você vai se descobrir mais habilitado a lidar com eles, e vários deles se evaporarão ao menor confronto.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta