Aproveite o que você está fazendo agora.

Uma das bênçãos na vida é poder apreciar plenamente aquilo que fazemos no momento – devemos tirar o maior proveito disso.

Não raro, ficamos fazendo uma coisa pensando em outra – ficamos lá na frente pensando nos problemas de amanhã.

Isso nos impede de apreciar a vida aqui e agora.

Algumas dicas boas para evitar isso.

-Coloque toda a sua atenção naquilo que está fazendo agora.

-Coloque mais atenção ainda nas partes boas e agradáveis daquilo que está fazendo.

-Pense nos benefícios no longo prazo para aquilo que está fazendo.

-Pense naquilo que pode aprender do que está fazendo.

-Pense nos benefícios para outras pessoas.

-Aproveite a interação com as pessoas na atividade que está fazendo. Conheça pessoas.

-Pense positivamente e se expresse positivamente.

-Coloque paixão e transmita paixão.

Sobretudo, examine se há alguma razão para você não apreciar e gostar do que está fazendo.

Para tudo tem um jeito. Muita gente não gosta do tipo de trabalho que faz, e procura se desenvolver para desempenhar outra função e eventualmente mudar de emprego. Outros voltam para a universidade e literalmente mudam de profissão.

Esteja compenetrado e desenvolva a paixão pelo que faz.

Equilibre a sua vida, recheando-a de muita coisa boa, trabalho, estudos, relacionamentos, realizações.

Procure se encontrar com pessoas que estão no mesmo processo de crescimento – um estimula o outro.

Não fique parado – esteja sempre se desenvolvendo – espiritualmente – emocionalmente – profissionalmente – fisicamente.

Limite o seu tempo improdutivo vendo televisão, ou fofocando no telefone e na rede social.

Há situações onde as pessoas escolhem caminhos muito tortuosos e lamacentos, onde não há qualquer chance de ser feliz – é hora de mudar – é hora de abandonar as companhias tóxicas – é hora de abandonar hábitos nocivos à saúde.

Se faça perguntas – converse consigo mesmo.

Mantenha a saúde, os bons relacionamentos – se esforce para manter o ritmo da vida melhor.

Aprenda coisas novas, esteja aberto à mudanças.

Não analise demais as coisas, as pessoas e as situações – pega leve – aproveite a vida – aprecie o que faz.

Beco

1 Comentário

Eli Lima

about 6 anos ago

Estou aprendendo a conversar comigo mesma e nesse exercício tenho sentido que "mudo de assunto" para não fazer determinadas coisas que não encaro. Pode?! Isso tem sido bom porque não estou deixando mais ficar só no imaginário, vou escrevendo e pontuando o que tenho adiado. Pelo menos tenho conversado comigo de forma mais produtiva, honesta e realista. Sei o que tenho adiado por falta de atitude. Às vezes são coisas mínimas que se juntam e tomam uma proporção maior. Perceber essa "mudança de assunto" comigo mesma, tem me feito, por exemplo, voltar a fazer minhas caminhadas. Toda vez que eu me imaginava caminhado, escrevia. Depois de ver que isto estava escrito várias vezes e que as consequências não foram boas, voltei. Obrigada pela contribuição. Fique bem.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta