Aprenda a relaxar.

O relaxamento é um processo físico que se inicia num processo mental voluntário.

Exige uma determinação, especialmente no mundo acelerado em que vivemos.

Devemos evitar que o mundo do trabalho contamine o mundo do repouso e do lazer, e devemos fazer o melhor uso do tempo que nos resta para se concentrar em si mesmo, relaxar e aproveitar a vida.

Somos obcecados pelo trabalho, e temos uma inclinação em querer preencher cada momento ocioso com alguma atividade produtiva – eu já fui bem assim.

Afirmação:

Especialmente para as mulheres que vivem uma vida frenética para firmar posições nesse mundo masculino, a dupla jornada, filhos, e de quebra, para muitos. É o ônus de ser parte da chamada geração sanduíche.

Essa geração, que se casou mais tarde e teve filhos com mais idade, vê os pais voltarem para casa exigindo cuidados especiais, ao passo que os filhos ainda adolescentes, tomam todo o tempo, a paciência e as economias.

Feito um sanduíche, as pessoas vivem estressadas com tanta responsabilidade. Não raro, os atritos entre o casal nascem na correria cotidiana e a falta de tempo para atender um ao outro.

Fazemos muitas cobranças dos outros, e isso vira estresse e frustração.

Fazemos muita cobrança de si mesmo, e também vira decepção e desânimo.

Calma:

Se deixe respirar e vá com calma.

Faça da busca do relaxamento parte da sua rotina diária.

O recurso da meditação é o mais eficaz. Mas o relaxamento simples e disciplinado em alguns momentos da correria diária, dá resultados animadores.

Aqueles mais estressados têm dificuldade para reduzir a velocidade quando chegam ao descanso semanal.

Há também aqueles que se sentem entediados com o final de semana, e não é questão de adorar o trabalho ou não. Simplesmente não procuraram maneiras de relaxar, se entreter e assim, usufruir o seu tempo de descanso.

Até para descansar é preciso uma certa disciplina.

Descer da esteira hedônica, especialmente no final de semana, faz bem à saúde física e mental.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta