Amar a si próprio – uma tarefa difícil.

Passamos a vida toda querendo ser amado.

Fazemos tudo buscando uma atenção especial, um carinho, um reconhecimento, e porque será que nos afastamos de nós mesmos?

Porque é tão difícil amar a si próprio?

Nos sentimos às vezes vazios, como que buscando algo para nos preencher, ou buscando alguém que possa nos preencher.

Temos que dedicar tempo e atenção especial para olhar para si próprio e aprender a se amar.

Amar a si e amar os outros – amar os outros é amar a si.

A primeira coisa a fazer e desenvolver uma atitude amorosa e compassiva com os outros.

De maneira sutil e gradativa, temos que quebrar este círculo vicioso e torná-lo um círculo virtuoso.

Traga amor e alegria no seu relacionamento com os outros e vai trazer o mesmo para o seu relacionamento consigo mesmo.

Aproveite as muitas oportunidades para ser bom e ajudar os outros e vai assim se sentir engrandecido, preenchido internamente – pleno.

Escreva, e se habitue a fazer isso, pois nem sempre é possível falar disso, ou conversar com alguém. Esse desconforto desaparece à medida que o círculo virtuoso começa a rodar.

Deixe os eventos negativos do passado irem se afastando – deixe-os ir.

Se libere da culpa e se perdoe.

Deixe várias frases de encorajamento espalhadas pelo seu material de trabalho, de estudo. Pode parecer ingênuo, mas funciona.

Se libere de tanto querer e passe a usufruir mais aquilo que já tem. Usufrua da abundância da sua vida.

Faça uma lista das razões que você tem para se amar. Se esforce pra valer nisso.

Faça coisas que gosta de fazer.

Medite, e abrace a Oração da Serenidade.

Não espere 100% de si mesmo – não se culpe.

Ouça atentamente as mensagens que está enviando para si próprio.

Se trate como os seus pais te tratariam.

Se abrace – se goste – se cuide.

Beco

3 Comentários

Lena

about 6 anos ago

Lindas e sábias palavras...era o que eu precisa "ouvir" neste momento. Grande abraço!

Responder

Patrícia Li a

about 4 anos ago

Obrigada.

Responder

NORMA CELIA MARIA DE OLIVEIRA

about 4 anos ago

EU ESTOU PROFESSORA DE ENSINO RELIGIOSO E AMEI O QUE ENCONTREI POR AQUI.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta