Alguns defeitos de caráter são difíceis de abandonar.

Assim como sapatos velhos e confortáveis, alguns defeitos de caráter são difíceis de descartar.

Isto se enquadra muito bem para o orgulho negativo. Não me refiro ao orgulho positivo, de se sentir engrandecido pela realização de algo humanitário e caridoso.

O orgulho negativo vem da baixa auto-estima, e da necessidade de se mostrar superior aos outros.

Sou melhor que eles.

Eu estou certo e os outros estão errados.

Essa atitude nos proporciona um virtual sentimento de superioridade e de conforto.

É uma ilusão.

Estamos na verdade mais fracos do que pensamos. A auto-estima está baixa e no fundo não encontramos valor e significado naquilo que fazemos, e por isso necessitamos utilizar essa artimanha truculenta e pouco eficiente.

A verdadeira força, a valorização e auto-estima elevada vêm da humildade, da grandeza de espírito, da generosidade e do altruísmo.

Toda vez que você experimentar o chamado – orgulho ferido – pense na hipótese de que isso seja o orgulho negativo, de muita comparação com os outros.

Muita atenção ao que os outros pensam e dizem a nosso respeito é também um sinal de baixa auto-estima.

Quando esse sentimento baixar na área, apenas observe e reconheça que ele está lá. Observe-o e cuide para que ele não domine o seu pensamento.

Como ensina Thich Nhat Hanh, apenas observe e deixe que ele retorne ao sótão do seu ser, onde é o lugar dele.

Sei que é difícil fazer o que ensina o mestre, mas pratique, pois posso te afirmar que funciona.

Beco

2 Comentários

selma maria rocha de carvalho

about 4 anos ago

estava exercitando o defeitos de caráter.quando encontrei o seu post.Chegou na hora.Sou grata

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta