Ainda assim preciso agradecer

Há dias que nos sentimos lá embaixo, e ontem foi um dia desses.

Choveu o dia inteiro e tive que sair debaixo de chuva para resolver algumas coisas do outro lado da cidade.

Não teve jeito, transporte público, guarda-chuvas e cuidado para não molhar os papeis.

Quinze minutos caminhando na chuva e eu já estava todo molhado. Pensei em pegar um taxi, mas o orçamento tem estado tão apertado que me neguei terminantemente a escolher essa opção.

Molhar, secar, molhar secar foi a minha rotina por horas seguidas, e dou graças por não ter pego uma gripe.

Tinha outro compromisso no final do dia e só retornaria para casa nove e meia da noite.

Vida difícil:

Me senti muito diminuído, para não dizer miserável.

Nessa hora, inevitável fazer comparações com o modo de vida de gente mais abastada, gente que não precisa se encharcar na chuva, andar com guarda-chuva barato e economizar até no meio de transporte.

Pensei em faltar ao compromisso da noite.

Pensei em tomar um taxi e retornar logo para casa, tomar um banho e colocar roupa seca.

Pensando bem, acho que devo passar na igreja, acender umas velas e agradecer.

Gratidão:

Ainda assim, preciso agradecer.

Preciso agradecer por ter uma atividade e conseguir me dedicar a ela, mesmo que seja debaixo de chuva.

Pesei bem as coisas que me incomodaram durante o dia, e quando colocadas na balança do bom senso e da serenidade, me pareceram um pouco pequenas, leves e talvez irrelevantes.

Fui até a igreja, ainda que isso me colocasse mais um trajeto caminhando na chuva.

Acendi as velas, e foi difícil pois estavam molhadas, mas dei graças por tudo que tive hoje.

Sei que os dias não são perfeitos, e alguns são mesmo de chuvas e trovoadas, mas a vida é isso aí.

Quero ser feliz, ainda que tenha que sair na chuva de vez em quando.

Beco

1 Comentário

Priscila Camilo Coval

about 5 anos ago

Gosto muito dos seus textos!!! Obrigada!!! Ainda estou a espera do botão para compartilhar no face... uma maravilhosa continuação de semana!!!

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta