Admire a sua persistência.

Veja quanta tarefa difícil você foi capaz de executar.

Admire a sua persistência olhando para trás e olhando para suas realizações. Você é sobretudo, um lutador, um vencedor.

Li outro dia, que as grandes realizações foram antes pequenas realizações que foram conduzidas com persistência.

Tudo começou pequeno em algum lugar do seu passado.

As suas habilidades e competências, hoje consolidadas, começaram pequenas e modestas, e a persistência as trouxe até onde estão agora.

Pegue uma delas, pode ser o instrumento musical que hoje toca com desenvoltura. Pode ser ainda um esporte que se dedica. Pode ser um hábito saudável que desenvolveu. Certamente cabe incluir um hábito nocivo que você abandonou.

Veja o quanto a persistência foi fundamental para as suas realizações.

A persistência é o ato voluntário e continuado na direção do seu objetivo, a despeito dos obstáculos e adversidades encontradas no caminho.

A persistência e o sucesso andam de braços dados, e por onde andam, trazem juntas as suas sombras, os obstáculos e adversidades.

Fazer algo continuadamente não implica necessariamente em sucesso.

Fazemos muitas coisas todos os dias, por exemplo , comer, se vestir, caminhar, e isso não implica em persistência.

É preciso que estejam presentes as dificuldades, que testa até o nosso limite, a nossa capacidade, a nossa persistência.

Importante, no exercício da persistência, aprender a reconhecer os mini sucessos ao longo da empreitada, que funcionam como estímulos para seguir tentando e lutando.

Crie também mecanismos mentais para lidar com aqueles outros que dizem: desista, você já se cansou disso, ninguém está dando a mínima, não vai a lugar nenhum – mantenha o foco nos resultados.

A persistência requer também alerta, um senso crítico delicado, que é o de saber quando desistir de algo que não vai a lugar nenhum.

Como dizem em inglês: “you got to know when to hold’em and to know when to fold’em” – você tem que saber quando segurar e insistir, ou quando dobrar e abandonar.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta