Acredite na sua capacidade.

Grande parte da nossa capacidade é arruinada exatamente no momento que deixamos de acreditar nela.

Como disse Henry Ford: ou você pensa que pode ou que não pode, e está certo em ambos os casos. Nós mesmos prognosticamos o resultado, e por esse motivo, temos que acreditar em nós mesmos.

Acreditar coloca as coisas mais perto da realização, e desacreditar as distancia de imediato.

Faça o que for necessário para concretizar os seus sonhos e realizar os seus projetos, ou vai passar a vida, contratado para realizar os sonhos dos outros.

Amedrontado:

Podemos nos sentir amedrontados com tantas dificuldades, mas como disse Ford, o avião decola contra o vento e nunca com o vento a favor.

Não se sinta subjugado pelas dificuldades, pois elas devem valorizar o que vem pela frente. Não há nada de valor que venha com facilidade, de bandeja. Ainda, não há nada difícil que se possa conseguir do dia para noite.

Temos que confiar na nossa capacidade, fazer o melhor, e deixar que o tempo dê conta de mostrar os resultados.

A auto sabotagem como apontam vários especialistas é o hábito criado de jogar contra si próprio e que é diferente do masoquismo.

A auto sabotagem começa com um isolamento de outras pessoas, e depois por um questionamento constante sobre a sua capacidade que adicionado ao medo de falhar, conduz à estagnação.

Não raro, a auto sabotagem se conjuga com o uso de substâncias, álcool, fumo e mesmo comportamentos delinquentes, tudo isso temperado pela baixa autoestima.

Temos que deixar de ser amigo das falhas. Toda vez que pensamos num projeto, se as falhas antigas insistirem em ocupar a nossa mente, temos que lançar mão de algum artifício para se livrar dessa ruminação.

Não vamos conseguir controlar tudo que envolve a nossa vida, e assim está bem. Vamos pegar mais leve consigo mesmo, menos exigências, menos perfeccionismo.

Traga na memória os momentos de glória e realizações, sinta novamente essa emoção, e procure agir na busca desse prazer.

Procure se nutrir do seu eu mais forte, resiliente e corajoso.                                                          R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked