Aceite a tristeza.

Aceite os momentos tristes, pois a vida não é um mar de rosas. Há momentos que a coisa pega pra valer.

Aceite a tristeza com a confiança de que momentos felizes chegarão. Tudo na vida passa, e os momentos tristes também passarão.

A tristeza é um sentimento genuíno, é o luto por alguma dor que tenha te abatido.

Para aceitar a tristeza é preciso compaixão por si mesmo, afastando qualquer sentimento de vítima, ou pena de si próprio.

Aceitar o mundo tal qual ele é, sem revolta, sem rejeição e sem padrões de comparação, permite que a tristeza chegue e parta sem causar mal, sem deixar máculas irreparáveis.

A prática da empatia, quando se trata da dor e tristeza de outras pessoas, nos fornece um aprendizado valioso para tratar da mesma situação quando formos nós os protagonistas.

O comportamento açodado de querer consertar, arrumar e se livrar da dor, pode ser um atalho pouco produtivo. Ao tentarmos nos afastar da tristeza, sem aceitação, podemos estar incorrendo na atitude egoísta querer ser o único imune à experiência da tristeza.

Não querer a tristeza e não querer ninguém triste é uma atitude egoísta.

Para ajudarmos os outros na tristeza, sem nos afundarmos na própria tristeza, é preciso uma atitude compassiva e generosa, e não egoísta.

O extremo oposto é a alienação emocional, de não sentir a tristeza dos outros, a negação, o que nos incapacita de lidar com isso quando se trata de nós mesmos.

Uma boa recomendação para lidar com a tristeza, é evitar a atitude prepotente de querer o mundo ao seu modo, de querer as pessoas ao seu modo. Isso não ajuda você a lidar com a tristeza nem sua e nem dos outros.

-Reflita sobre o que te deixou triste, a razão da tristeza.

-Aceite o fato e aceite a tristeza.

-Procure se alegrar, não fique no luto indefinidamente.

-Escreva sobre isso para melhor entender e refletir.

-Tire uma folga para ficar mais calmo e mais consigo mesmo.

-Converse com um amigo.

-Cuide da saúde e procure ajuda profissional, se for o caso.

A tristeza é triste quando você a detesta, quando a repele.

Quando você a aceita, ela deixa de ser triste, e sim apenas um sentimento como outro qualquer, reflexo das coisas da vida, e isso também vai passar.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta