A riqueza do cotidiano

Muitas vezes nos sentimos entediados e aborrecidos com a rotina cotidiana. Muita coisa para fazer, e que já fizemos ontem e todos os dias que antecederam.

Como encontrar beleza e riqueza no cotidiano, ao escovar os dentes pela manhã, o banho apressado, o trajeto para o trabalho?

A vida pode e deve ser enriquecida em tudo que fazemos, inclusive na repetitiva atividade cotidiana.

Procure se interessar por tudo que faz, e mesmo que já tenha feito antes por incontáveis vezes, coloque interesse como se fosse a primeira vez. Você vai encontrar algo diferente.

Houve uma ocasião que estava me dirigindo ao trabalho, e quando passava por um ponto próximo de uma pequena mata, noto um tucano solitário atravessando os céus por cima da pista. Me admirei dele estar sozinho, de estar naquele lugar tão urbano e metropolitano. Agradeci a oportunidade de apreciar, logo de manhã, uma cena tão bonita.

Por vezes, quando trafego pela autopista, especialmente nessa época do ano, vejo as árvores do ipê amarelo totalmente tomadas pelas flores. Aprecio, saboreio e digo em voz alta – lindo – lindo – lindo, um elogio à natureza que me deu o privilégio de presenciar tal evento.

Maravilhas do cotidiano:

A vida, e o cotidiano, podem mostrar maravilhas em seus mínimos detalhes.

Cada experiência, cada circunstância pode esconder um conhecimento precioso que você deve aproveitar.

Ame o que você vê. Ame a natureza. Você está aqui, agora, imerso nessa riqueza que é a vida. Procure saborear.

Você é uma pessoa abençoada, e tudo que acontece no seu dia tem algum motivo, e não despreze qualquer momento.

Veja a beleza em si mesmo. Você é uma pessoa diferente daquele que fez o mesmo trajeto ontem.

Aprecie o seu crescimento, o amadurecimento que experimenta ao olhar a mesma coisa com uma lente diferente.

A beleza está abaixo das aparências, abaixo do verniz do cotidiano.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta