A paz interior.

A paz interior é algo que deve ser buscada.

A paz interior pode ser encontrada se olharmos para dentro de si próprio.

E quando fizer isso, não tenha medo de não gostar do que vê. Você pode mudar – você pode melhorar.

Aprimoramento:

Uma certa insatisfação consigo mesmo é o que te move para se aprimorar e ser uma pessoa melhor.

Muita insatisfação consigo mesmo pode sufocar e te colocar para baixo. Pode imobilizar e levar até a uma depressão.

Há que equilibrar.

Busque o seu eu verdadeiro. Um eu que você esteja feliz de ver.

Seja honesto na sua avaliação de si próprio e encontrará muitas qualidades, às vezes escondidas sob uma espessa camada de culpa e ressentimento.

Recomendações:

Algumas recomendações que li e gostei sobre a paz interior:

1-Simplifique a vida e vai facilitar a sua busca pela paz interior. E a simplificação não alcança apenas a vida material, e abrange especialmente a parte emocional. Seja mais honesto com os outros e consigo mesmo no relacionamento. Não crie complicações para si mesmo. Não seja uma fonte de desentendimentos.

2-Aceite. Aceite a si próprio e aceite a vida naquilo que está fora do seu alcance mudar. Aceite as pessoas como são e esteja sempre pronto a ajudar, sem querer mudá-las ou mesmo conduzi-las ou manipulá-las ao seu modo.

3-Perdoe. O perdão é um bem que você faz a si mesmo. A prática do perdão pavimenta o caminho para a paz interior. Perdoar a si próprio e desatar as amarras do passado imutável. Perdoar os outros é se livrar da carga negativa que você criou e que pode estar apenas na sua imaginação.

4-Faça o que você gosta e esteja em paz com aquilo que faz. Mesmo as tarefas difíceis e desagradáveis, quando inevitáveis, podem ser realizadas em harmonia, com menor esforço e menor carga emocional.

5-Cuide da sua paz interior. Busque, valorize e preserve.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta