A natureza que generosamente nos cerca

A natureza que generosamente nos cerca

Costumo gravar os meus vídeos de manhã, bem cedo, aproveitando a sutil luz do sol matinal. E procuro também me cercar da natureza que generosamente me acompanha.

Em muitos dos vídeos, há um som de fundo dos pássaros que, assim como eu, despertam muito cedo. Há uma dupla de papagaios que chega por volta de 07:00hs, se acomodam nos galhos altos do ipê rosa e começam uma conversa animada que dura uns vinte minutos e depois partem. Não raro, eles fazem parte, casualmente, da trilha sonora dos meus vídeos, e hoje resolvi registrar um deles em foto, que aproveito para encabeçar a postagem.

A natureza é abundante, generosa, e é um desperdício passar apressado pelo cotidiano da vida sem se dar conta da beleza que nos cerca.

Tenho aproveitado para fazer um banco de imagens, recomendação de um amigo especialista. Penso utilizar cada peça, numa forma de documentário, fazendo com que os vídeos se tornem mais agradáveis de se assistir.

Em breve vou experimentar algumas dessas novas técnicas e apresentar no blog.

Em contato com a natureza:

Estar em contato com a natureza nos faz bem, nos traz serenidade.

Dizem que a serenidade está lá no fundo da nossa alma. Mesmo quando a superfície do lago está em intenso tumulto, no fundo do lago a água é sempre serena. Se abrir para a abundância que nos cerca, nos ajuda a nos conectarmos com a nossa própria natureza.

Acordo cedo, e normalmente o sol ainda não chegou. Na medida que os minutos avançam, um milagre, o céu começa a mostrar um azul, laranja, amarelo, uma mescla de despertar que me deixa fascinado. É uma benção poder presenciar essa transformação.

A vida é generosa, e temos que nos abrir para ela. Devemos deixar um pouco de lado o peso que nos puxa para baixo e se deixar conduzir pela abundância e plenitude de tudo que nos cerca.

 

Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta