A luta para manter a mente fechada.

Para quem acha que manter a mente aberta dá trabalho, saiba que o trabalho para manter a mente fechada é maior.

Queremos encontrar sempre quem concorde conosco.

Buscar uma realidade de acordo com a minha expectativa.

Tentar manter tudo sob controle.

Quanto mais inflexível eu sou, mais rígido e mais fechado fico.

É um ciclo vicioso.

O resultado disso é prejudicial para os relacionamentos, para a aprendizagem e também para a saúde.

Quem luta para manter a mente fechada, está escolhendo uma maneira tortuosa de levar a vida, cheia de conflitos, decepções, arrependimentos e ressentimentos.

Isso tem a ver com o perfeccionismo, a prepotência e a arrogância.

Não adianta ter a mente aberta quando as idéias que recebe são exatamente iguais às suas.

Mente aberta é estar sempre procurando evidências para derrubar as suas próprias idéias e convicções – isso requer humildade.

A mente fechada é estar sempre procurando evidências que validem suas próprias idéias e convicções – isso dá mais trabalho.

A mente aberta não é sinal de fraqueza, falta de opinião, ou incapacidade de pensar por si próprio.

A mente fechada implica em resistir a tudo – imagine o estresse permanente.

Veja o quanto é estressante se manter numa concha, tentando se proteger de tudo, refutar tudo, se opor a tudo.

Ter a mente aberta é estar também aberto para a vida, para a abundância do seu cotidiano.

A mente aberta é uma mente de adaptação, e sabemos bem o quanto temos que nos adaptar a tudo que acontece.

O mundo não é exatamente como imaginamos e desejamos – precisamos aceitá-lo tal como ele é.

Precisamos abrir nossa mente e nosso coração.

Não condene a pessoa que te traz uma idéia diferente, ela pode estar te trazendo uma oportunidade de aprender e evoluir.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta