A grama sempre verde.

Percebo que a grama é sempre verde onde costumo jogar a água suja dos cachorros.

Me dou conta de que um pouco da nossa ação, e a fé na natureza pode produzir bons resultados.

É claro que eu quero a grama sempre verde, e quero que meus sonhos e projetos prosperem, mas devo sempre me lembrar que tenho que fazer a minha parte.

A vida pode ser abundante, mas nada cai de bandeja, temos que fazer um esforço, executar um mínimo movimento.

Se você quer que a vida ande para frente, precisa estar em movimento, fazendo algo, realizando algum sonho.

Não tenho dúvidas que o caminhar tem seus percalços, e eu mesmo fico desanimado de vez em quando. Mas é o que é, e temos que seguir adiante.

Perceba os mais singelos resultados de suas ações. Há muita coisa a se fazer, e nós podemos efetivamente influir nos nossos destinos. Temos que assumir aquilo que está no nosso alcance.

A grama sempre verde:

A grama sempre verde é desejável, e bastante possível com um pequeno esforço da nossa parte.

O nosso crescimento pessoal é assim, e a bola está conosco, é preciso assumir a responsabilidade.

Difícil não deixar de notar a grama do vizinho, sempre mais verde, e esse impulso natural das comparações é um desastre, ingrediente principal da infelicidade.

Temos que trabalhar no nosso terreno, na nossa construção, e aquilo que acontece com o nosso vizinho deve ser captado muito sutilmente pela nossa visão periférica.

A nossa mente tem uma capacidade de eliminar os spams, inputs irrelevantes, e nós temos que, deliberadamente, incluir esse tipo de informação na lista de spams.

Voo próprio:

Faça o seu voo próprio, pilote o carro da sua vida olhando para o próprio painel, do contrário, é colisão na certa.

Aprecie as coisas boas, e especialmente os bons resultados de suas ações.

Saboreie o que já deu certo, e seja feliz.                                                                               R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta