A experiência de viver

Esse trajeto único é uma experiência pessoal inalienável. Temos que cuidar com carinho responsabilidade e dedicação.

Muitos podem nos acompanhar, nos ensinar e encorajar e mesmo compartilhar várias passagens, mas viver é uma experiência pessoal, e não podemos permitir que ninguém viva pela gente.

Tampouco devemos desperdiçar o nosso tempo tentando viver a vida do outro.

Quando percebemos o valor dessa experiência, cada momento se torna precioso. Os bons momentos e aqueles não tão bons, todos trazem o valor intrínseco da experiência única e imperdível.

Esteja disposto a viver cada momento que lhe for oferecido, cada presente que lhe for agraciado.

Gratidão pelas oportunidades:

Seja grato por cada oportunidade de experimentar uma coisa nova, enxergar um novo caminho.

Aceite os desafios e mesmo as dificuldades como chances de provar a sua capacidade, e mesmo melhorá-las a cada realização.

As coisas podem se complicar, mas a razão e a intuição podem trabalhar a seu favor, e nesses casos devemos sempre analisar se não estamos complicando mais do que a circunstância se mostra. Simplifique a vida.

Não importa quanto desânimo esteja sentindo diante das adversidades. Veja como uma oportunidade para aprender alguma lição, evoluir, progredir nessa experiência que é viver.

Se as coisas ficarem mesmo confusas, adote o princípio de uma coisa por vez, um dia de cada vez, e pequenos passos que podem te colocar um pouco mais adiante no trajeto.

Nos momentos mais difíceis temos o péssimo hábito de nos açoitar com a crítica severa, a culpa e o arrependimento.

Não perca a coragem, fique firme nos princípios, se cuide e se trate com carinho.                                                                                                   Rubens Sakay(Beco)

1 Comentário

Nestor Forster

about 3 anos ago

Muito boa mensagem, Sakay! Cheia de insights e sabedoria! Obrigado! Nestor

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta