A cadeia de reações emocionais.

Quando praticamos a atenção plena, livrando a nossa mente de tanta barulheira, rompemos a cadeia de reações emocionais que impedem que estejamos no comando de nossas vidas.

O ruído excessivo nos empurra para direções que nem sempre desejamos.

As emoções tem essa propriedade de se conectar uma na outra, formando uma cadeia de emoções, que reagem entre si, contaminam, e podem complicar a nossa vida.

Quando sentimos uma dor e entramos em sofrimento, temos uma tendência a conectar com outros momentos doloridos do passado, e rapidamente, estamos com um rosário espinhoso rolando em nossas mãos.

É como uma espiral descendente que nos levam para baixo, para o fundo do poço. Tiram a nossa energia e nos deixam imobilizados.

Emoções e pensamentos:

As emoções são deflagrados pelos pensamentos. Podemos não controlar as emoções, mas devemos fazer o possível para controlar a qualidade dos nossos pensamentos.

A maneira como olhamos para a vida, se positivo ou negativo, calibra a qualidade dos pensamentos e consequentemente, das emoções.

Entenda como você está contribuindo para essa cadeia de reações emocionais.

Olhe para o passado e futuro com um distanciamento adequado. Não se deixe assombrar pelos fantasmas do passado e nem com excessiva preocupação com o futuro.

Dizem que todos temos vários esqueletos do passado guardados no armário. Deixe que fiquem lá, não fique remexendo, pois eles podem sair para perturbar o seu cotidiano, te limitando a usufruir da abundância do momento presente.

Deixe passar as pequenas coisas que perturbam as suas emoções. Não faça tempestade em copo d’água.

Nada dura para sempre, principalmente a dor, o desconforto e o sofrimento.

Preste atenção nas suas emoções negativas e deixe que eles te abandonem devagarinho, sem estresse.

R.S. Beco

1 Comentário

Nyew

about 4 anos ago

Obrigado!

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta