A busca silenciosa por respostas.

Fazemos muitas vezes uma busca silenciosa por respostas.

Mergulhe dentro de si próprio, e faça as perguntas.

Não faça calar aquelas personalidade que fazem parte de você e que costumeiramente você pede para se calar.

Se deixe expressar e se deixe responder. As respostas vão aparecer quando o sua ansiedade por respostas se juntar à humildade e honestidade consigo próprio.

Volte-se para dentro de si, sem antes procurar uma pacificação interna, uma meditação, uma reflexão serena.

Caminho iluminado:

Sinta as respostas iluminarem o seu caminho. Sim, sim, sim, eu aceito quem sou, aceito a minha imperfeição e o meu lado sombrio que vez por outra parece que vai me dominar.

Aprendi que onde há sombra há luz, e se quero as respostas e a iluminação para as minhas questões e meus problemas, tenho que dar um passo, sair da sombra e me deixar atingir pelas minhas forças pessoais.

A busca pelas respostas é silenciosa, e tenho que fazê-la com a paz na minha mente.

Não devo apressar, não devo balançar o barco e nem colocar a carroça na frente dos burros.

Não devo me censurar, criticar, julgar ou condenar como se fosse o juiz e eu próprio o criminoso.

Novo olhar para si mesmo:

Olho para mim com respeito e tranquilidade.

Anseio por respostas e sei que sou meu melhor conselheiro desde que a honestidade esteja impregnando esta relação.

Quero o meu melhor, quero dar o meu melhor e sei que sou capaz.

As minhas questões, não apresso para que sejam respondidas hoje.

Um dia de cada vez, sei que terei as respostas, no silencia da minha incursão em mim mesmo.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked