4 – Os meus erros são explicáveis e dos outros são imperdoáveis.

A prepotência é a raiz de muito dos nossos problemas. É a barreira maior para a nossa felicidade. Acreditar que somos perfeitos e os outros não tão perfeitos, ou mais, burros, feios e incompetentes, faz da nossa vida um fieira sem fim de comparações desastrosas, inúteis e frustrantes.

Se sou mais inteligente, porquê ele tem um salário melhor?

Se sou mais bonito, porquê ele faz mais sucesso com as mulheres?

Se sou mais competente, porquê ele consegue e eu não?

Tudo isso pode acontecer um cem número de vezes na sua vida, conduzindo-o à infelicidade permanente.

Por outro lado, se você entender e aceitar que as pessoas são diferentes e encontram caminhos diferentes para suas vidas, vai deixar de fazer comparações inúteis, fonte certa de frustrações.

A prepotência é também o que nos move no julgamento constante de outras pessoas. Os meus erros são explicáveis e dos outros são imperdoáveis. Esta atitude faz com não apreciemos o bom de cada pessoa, e no final o que temos de bom nós mesmos.

Beco